28/05/06

TERMINUS 5: ALGUMAS COISAS QUE EU ACHO SUSPEITAS, BIZARRAS, DESNECESSÁRIAS OU ESTÚPIDAS

Fico farto de tentarem adivinhar o que eu penso sobre isto ou sobre aquilo. Para acabar com males entendidos aqui fica uma lista do que eu acho supérfluo:
  1. Joggers (acho suspeito pessoas correrem pela rua sem motivo aparente; cá pra mim fizeram alguma)
  2. Colheres em pacote (a ideia é evitar a propagação dos germes; se assim é, porque não chávenas em pacote?)
  3. Um dentista que diz “Isto não dói nada.”
  4. Um barbeiro com doença de Parkinson
  5. Um contabilista com doença de Alzheimer
  6. Uma massagista tailandesa com buço
  7. Um pivot com Síndroma de Tourette
  8. Um empregado de balcão com manchas de óleo na roupa
  9. Cafés onde não se pode entrar com comida de fora (isto é o mesmo que entrarmos numa loja de roupa e dizerem-nos que não podemos entrar com roupa de fora)
  10. Livros sobre como tratar de plantas de plástico
  11. Tamagochis
  12. Políticos que pedem aos contribuintes mais trabalho e mais impostos e depois baldam-se ao serviço para irem a almoços no estrangeiro com os amigos e põem a despesa total na conta do Estado
  13. Mulheres que se maquilham excessivamente e dizem que “o interior é que conta”
  14. Produtores de cinema portugueses residentes em França que recebem balúrdios do Estado português para fazer filmes de merda que ninguém vai ver e depois vêm à televisão do Estado português dizer que o Estado português não lhes dá apoio nenhum
  15. Pessoas que são donas de agências funerárias e de talhos
  16. Pessoas que são donas de restaurantes chineses e de lojas de animais
  17. Pitas que se julgam adultas e capazes de mudar o mundo após tomarem a sua primeira cerveja às oito da manhã e vomitarem na casa de banho do café
  18. Pessoas que fingem ignorância para falar como entendidos daquilo que não percebem.
  19. Artistas que não sabem explicar as suas obras
  20. Candidatos a Procurador-Geral da Republica que são advogados pessoais do Primeiro-Ministro
  21. Planos de retaliação a ataques terroristas não aprovados por falta de estudo sobre o impacto ambiental
  22. Estilistas que fazem campanha a favor das espécies protegidas usando casacos de peles de espécies desprotegidas
  23. Militantes da extrema-direita que se dizem tolerantes e não xenófobos
  24. Cineastas portugueses que fazem filmes só para o seu umbigo à custa do dinheiro dos contribuintes e perante reacções negativas dizem: “Eu quero é que o público português se foda!”
  25. Críticos que admiram a qualidade do cinema português e atribuem as salas vazias à falta de cultura dos portugueses que não sabem o que é “arte”
  26. Políticos que mudam de ideologia como quem muda de gravata.
(Foi a minha homenagem ao comediante George Carlin, que ainda não morreu, mas eu acho que se devem homenagear as pessoas também quando estão vivas e não só depois de mortas.)

3 comentários:

qyoka disse...

Eu não gosto de melgas, invisiveis, a zumbirem-me aos ouvidos em véspera de exame, nem em nenhuma outra altura.
Eu não gosto de pessoas simples que se fazem complexas.
Eu não gosto que me acordem quando tinha acabado de adormecer. Eu não gosto que me acordem.
AH! Mas até gosto de ti!

qyoka disse...

Aqui estão os meus comments.
Espero que não gostes de nenhum, mas que fiques feliz só por ver aumentar o nr de comentários nos posts e por veres umas quantas letras pintalgadas.

Maria Papoila disse...

olha sabes k +?!? tens é mt tempo livre...enumerar as coisas k axas suspeitas, bizarras, desnecessarias ou estudidas é realment coisa d kem n tem k fazer!!!! lolollololol....
fiko mt indignada d n axares kk funcionalidade nos Tamagochis!!confesso k tive 1 sim sra...nc xegou a adulto, deixava-o smp morrer! tas a ver a funcionalidade do tamagochi?!?!
bjiiiiis*