22/07/08

TERMINUS 61: QUINTA DA FONTE


Após centenas de emails e cartas a pedirem, a exigirem que eu me manifestasse acerca dos acontecimentos que tiveram lugar na Quinta da Fonte, em Loures, eu continuei na minha. Disse-lhes a todos que a minha criatividade não podia ser encomendada. "Eu escrevo sobre o que me apetece," disse-lhes. E mantive-me firme.
Até que uma das leitoras resolveu ser um bocadinho mais persistente e... Enfim, digamos que eu faço isto POR VOCÊS.
Vamos lá então, Quinta da Fonte. Primeiro, não me interessa quem teve razão, se ciganos ou pretos (ou negros, ou afro-portugueses, ou qualquer que seja o termo politicamente correcto neste momento em vigor). Há sítios onde eles se dão bem, há sítios onde se dão mal. Aquilo é um bairro social. Fiquei espantado por uma situação daquelas ter acontecido lá. Nunca pensei.
A única coisa que posso comentar em concreto sobre este caso, prende-se com as declarações que ouvi duma abécula, ave rara, (etc. ad infinitum) que disse no fórum da TSF que "os ciganos são um povo nómada e nós [sociedade ocidental] tentamos sedentarizá-lo." Na opinião dessa aventesma em vez de casas devíamos dar-lhes antes roullotes.
Porque assim não há perigo de, ao mínimo sinal de merda, zarparem para Espanha.
Obviamente, e isto é o que se deve ter SEMPRE em conta, apesar das escaramuças que se possam ter tido com ciganos ou pretos (ou negros, ou etc.) não se pode rotular tudo. Já tive a experiência de ter sido uma vez confrontado por um cigano que me confundiu com alguém que apareceu na televisão a dizer coisas como "os ciganos deviam ir todos prá terra deles."
Quem já teve confusões com eles, sabe que confusões são motivo para espancamento. Tanto faz ser verdade como mentira. Tentando manter a postura, expliquei-lhe que não podia ser eu e... ele aceitou. Pediu desculpa, disse que tinha sido erro da parte dele e foi à sua vida. Cruzei-me com ele algumas vezes, cumprimentámos-nos com um acenar e seguimos.
Por isso, Quinta da Fonte, Cova da Moura, Chelas, Laranjeiro, Vale da Amoreira, etc., etc., olhem para esses bairros, vejam em que condições algumas (nem todas) dessas pessoas vivem. E mesmo aqueles que têm actividades ilícitas, considerem o que aconteceu para eles enveredarem por essa vida.
E digam se a culpa é mesmo deles ou de quem os pôs lá.

(to be replied)

11/07/08

TERMINUS 60: SUGESTÕES DE LEITURA PARA JULHO


Julho vai quase a meio mas ainda há tempo para muito boa leitura. Aqui ficam algumas sugestões.

1 - O PLANO NACIONAL DE LEITURA PARA ANALFABETOS
- COMO ATINGIR PESSOAS DE CABEÇA PEQUENA COM UMA FISGA
3 - COMO TER GRANDES IDEIAS SEM LER ESTE LIVRO
4 - IMPRESSIONE OS OUTROS SEM DIZER NADA
5 - 1001 MANEIRAS DE USAR UM FURADOR
6 - SAIBA O QUE DIZEM DE SI QUANDO NÃO ESTÁ PRESENTE
7 - COMO ALIMENTAR A SUA MANIA DE PERSEGUIÇÃO
8 - UMA LISTA DE TODAS AS PALAVRAS QUE NÃO DEVE DIZER A UM HOMEM
9 - UMA LISTA DE TODAS AS PALAVRAS QUE NÃO DEVE DIZER A UMA MULHER
10 - MANUAL DE CONSTRUÇÕES COM UNHAS CORTADAS
11 - COMO SER AMIGO DE TODA A GENTE
12 - SUGESTÕES PARA DOBRAGEM DE GUARDANAPOS
13 - DOMINE A INTERNET A PARTIR DO SEU TELEFONE DE CASA
14 - COMO ESCOLHER O SEU PARTIDO POLÍTICO
15 - 100 FRASES DE PESSOAS QUE NINGUÉM CONHECE
16 - APRENDA A NÃO SE RALAR
17 - COMPÊNDIO DE TODAS AS DOENÇAS CONTRAÍDAS POR PESSOAS NASCIDAS NO SÉCULO XX
18 - COMO SUBIR NA VIDA SEM DAR O CÚ E CINCO TOSTÕES
19 - ADOCE A SUA VIDA COM ASPARTAME
20 - 110 RECEITAS À BASE DE PETAZETAS

03/07/08

HOMENAGEM A GEORGE CARLIN

George Carlin, famoso comediante norte-americano, faleceu no passado dia 23 de Junho, vítima de ataque cardíaco. Morreu com a bela idade de 71 anos, ou como ele gostava de dizer, "Sixty nine with two fingers up my asshole!".
Conhecido pelo famoso 'The seven words you can't say on television' e por muitos outros bits em mais de cinquenta anos de comédia, o seu legado ficará para sempre na História do Humor.
Num dos meus primeiros posts, prestei-lhe uma homenagem ainda era ele vivo. Fica agora a homenagem póstuma, na forma de um dos seus clássicos:


FREE FLOATING HOSTILITY (ou PESSOAS QUE NÃO FAZEM FALTA)
1 - Pessoas que andam com as chaves de casa penduradas ao pescoço
2 - Pessoas que empatam filas nos pronto-a-comer, perguntando "O que é isto? O que é isto?"
3 - Advogados com o rego à mostra
4 - Pessoas de camisas às bolinhas
5 - Juízes com vestígios de pó branco nas narinas
6 - Homens com mais de 40 anos que andam de boné ao lado
7 - Escritores de literatura light
8 - Casais que insistem em levar o bebé embirrante para restaurantes românticos
9 - Famílias de mais de oito pessoas que acham que os putos não incomodam ninguém na praia
10 - Mulheres de celulite que acham que têm corpo para usar fio dental na praia

"Take care of yourself. And take care of somebody else."