02/04/10

TERMINUS 72: O REGRESSO INESPERADO


Há muito tempo que não postava nada aqui. Tanto assim era que estava quase a atingir a situação em que os comentários promovendo vários produtos (penis enlargement, os melhores seguros, como ver pornografia sem pagar, os melhores comprimidos para tudo e mais alguma coisa) ameaçavam ser mais numerosos do que os próprios artigos.
Deparado com este problema, e era um problema, eu pensei para comigo, "Já vai sendo tempo de escreveres qualquer coisa." Convém dizer que, além do seu número ameaçador, a malta que me enviava esses comentários [todos removidos; tivessem visto quando eles lá estavam que ainda foi bastante tempo] dava-se ao trabalho de pôr pontuação e acentuar (os portugueses pelo menos) aquilo. Se até a malta do SPAM consegue ser rigorosa e assídua, era mesmo obrigatório que eu também o fosse.
A oportunidade, ou o chamamento, surgiu há poucos dias quando li no jornal que o Ricky Martin anunciou a sua homossexualidade. Calha bem porque eu precisava de um motivo suficientemente forte para me fazer levantar o rabo da cadeira e começar a trabalhar num artigo.
(Na verdade, para escrever isto, fui obrigado a sentar o rabo na cadeira, mas vocês percebem o que eu digo. Haja alguém que perceba!)
Vamos lá ao Ricky. (Salvo seja!)
O Ricky saiu do armário. Huuu! Totalmente inesperado! Isso não é notícia nem na Cochichina (apareceu-me o sublinhado debaixo da palavra Cochichina, mas não me apetece ver agora como é que se escreve) nem em qualquer outro sítio.
Também não é notícia para aqui. O que é que me deu? Com tanta coisa boa que há a acontecer no país, no mundo, eu fui pegar numa notícia sem qualquer relevância e destaquei-a, levando vocês a, por momentos, não pensarem em outros assuntos mais importantes e urgentes.
A Ministra da Cultura (Maria Canivetes ou Cacilhas ou lá como chamam à senhora) vai em breve apresentar as propostas portuguesas (ou já apresentou) para combater a violação dos direitos de autor e aqui estou a fazer o papel do Governo a atirar fumo para os vossos olhos.
Um pequeno aparte em relação às propostas portuguesas: se forem todas tão boas como aquele filmezito que temos de gramar sempre que COMPRAMOS UM DVD ORIGINAL, os autores bem se podem preparar para continuar a ser violados.
Para terminar deixo-vos uma pequena lista de livros que vos manterão entretidos até ao meu próximo regresso:
  • OS MELHORES SPOTS PARA SNIPPERS EM FÁTIMA
  • PROFESSOR MARCELO CRITICA LIVROS: OS MELHORES MOMENTOS
  • COMO ELABORAR UM ORÇAMENTO DE ESTADO PARA TOTÓS
  • O FREDERICO FOI À SEGURANÇA SOCIAL
  • AS MINHAS VIZINHAS NÃO SÃO NADA CUSCAS
  • COMO SE APROVEITAR DE CATÁSTROFES NATURAIS
  • PDM: CONVÉM REVER DEPOIS DE ACONTECER ALGUMA COISA TIPO DERROCADAS OU ASSIM
  • AUMENTE O SEU BASTÃO EM 10 DIAS!
Por agora chega. Volto para a semana ou antes disso.

1 comentário:

Mário Carvalho disse...

Posso sugerir mais um livro a não perder?

NÃO COMAM OVOS DA PÁSCOA, DESCONFIEM, AFINAL OS COELHOS PÔEM OVOS?
UM VIVA! ÀS LEGITIMAS, ÀS GALINHAS!

Mário (primo)