11/07/10

TERMINUS 121: ASSIM, ATÉ EU GOSTO DE FUTEBOL

 A melhor forma de dar remédios aos putos, comprimidos por exemplo, é misturá-los com leite ou sumo. Eles papam aquilo que é uma maravilha. Possivelmente com base nesta ideia, a actriz porno Bobbi Eden promete fazer sexo oral a todos os seus seguidores no Twitter caso a Holanda vença o Mundial. Se considerarmos que Bobbi tem cerca de vinte mil seguidores nessa rede social, aquilo é coisa para dar umas valentes caimbras. Felizmente, Bobbi não vai estar sozinha nessa árdua tarefa. Há duas colegas que estão dispostas a ajudá-la.
Eu até nem gosto muito de futebol, mas admito que... Vistas as coisas, não é um desporto assim tão mau. Tem emoção, tem acção, tem intriga, jogadas arriscadas. E para além de tudo isto temos os jogos em si. No entanto, por ser alguém para quem o futebol não diz assim muito, esta proposta da Bobbi, por muito tentadora que seja, não se resume a isto.
Não é a primeira vez que se fazem promessas do género em campeonatos mundiais. Natalya Sverikova, actriz porno da Bielorrússia, prometeu uma noite de sexo ao representante bielorruso no Campeonato de Xadrez de Países do Leste em 1999. Melodie Papamos, conhecida stripper franco-grega, prometeu uma lap-dance a Viktor Tessailikis se este conseguisse o primeiro lugar nas Jornadas da Filosofia em 1982. Exemplos não faltam, o que falta é o porquê?
Porque é que Bobbi Eden fez esta proposta? Porque é holandesa e quer ver o seu país vencer parece ser a resposta mais sincera, mas será mesmo por isso?
À data do seu anúncio, Bobbi tinha cerca de vinte mil seguidores no Twitter. Neste momento deve ter, no mínimo, o triplo ou o quadruplo disso (e estou a fazer a coisa por baixo; salvo seja). Supondo que ela defina como limite máximo o número de fãs que tinha à data do anúncio. Vinte mil a dividir por três dá cerca de 6667 gajos por boca. Tudo bem que são actrizes porno e estão habituadas a estas coisas, mas dá-me ideia de que elas não estão assim tão convictas na vitória da Holanda.
É como um pintas prometer à sua gaja que lhe compra um anel de noivado se nevar na Praia do Meco. Ou um tipo prometer que corta o pénis com uma Gillete se Portugal entrar numa rota de expansão e progresso. São situações tão impossíveis, ou improváveis de acontecer que podemos prometer o que seja que dificilmente teremos de cumprir essa promessa.
Por outro lado, parece que a Holanda até tem uma boa equipa. No dia da grande Final, milhares de pessoas, espanhóis incluídos, vão seguir atentamente a final e rezar pela vitória da “laranja mecânica”. Durante o jogo em si, não me admiro que a Espanha marque uns quantos autogolos, só para que alguns jogadores garantam acesso a um prémio muito especial. Por tudo isto, não tenho dúvidas que o único apoio que Espanha terá nessa Final (não assumidamente, é certo) virá de Bobbi Eden e das suas duas amigas.

Sem comentários: