31/07/10

TERMINUS 131: QUERO SER ALUNO OUTRA VEZ

Eh pá! Se há coisa que eu gostava de ser de novo, se pudesse voltar atrás no tempo, era aluno. Não porque tenha particular saudade das aulas, mas porque agora quase que não precisaria de ir à escola para passar de ano.
Isabel Alçada, actual Ministra da Educação disse numa entrevista ao jornal Expresso que pretende acabar com os chumbos. Estou contigo, Isabel. Vamos acabar com os chumbos implementando uma série de medidas que não reduzam o grau de exigência dos professores, ao mesmo tempo que deixam os nossos alunos mais capazes para responder aos desafios que lhes serão propostos.
Não é assim? Então, como...
Ah! É vamos acabar com os chumbos, ponto. Tipo varrer para baixo do tapete ou enterrar numa vala comum. Assim não sei. Repara, continua a ser uma boa ideia, não digo que não, não tanto para um livro, não para uma medida do Ministério da Educação.
Eu sei que tu não gostas que alguns meninos fiquem tristes por chumbar, compreendo isso perfeitamente, mas tens de ver que, se acabas com os chumbos, há outros meninos que vão ficar tristes. Meninos que estudaram muito e que vão ser gozados por aqueles que não estudaram nada e que vão passar de ano também. Pois é. Não tinhas pensado nessa.
O teu problema não é falta de ideias boas. O teu problema é perderes a noção do que dizes. Exemplo: agora queres acabar com os chumbos. Vamos supor que essa medida vai em frente e passa na Assembleia (PSD e CDS-PP são contra, mas vamos supor que mudam de ideias até lá). Se não existirem chumbos, como é que julgas implementar aquela ideia do salto do 8º para o 10º ano?
Não estou a dizer que não devemos ser mais compreensivos para com aqueles alunos que, apesar de se esforçarem muito, não conseguem atingir os objectivos que lhes são propostos; só acho que, sem chumbos, a coisa é capaz de correr mal. Imagina que precisas de um advogado. A pergunta é muito simples: preferirias um advogado que tivesse chumbado um ano em toda a sua vida escolar ou um que só não chumbou porque houve alguém que acabou com os chumbos?
Precisas de ir ao médico. Tens dois à escolha: o que chumbou dois anos, estudou para melhorar o seu aproveitamento e continuou, e o que teria chumbado quatro anos seguidos se alguém não tivesse acabado com os chumbos.
Mais do que uma questão de escolha, é uma questão de segurança e coerência. Não sabe a tabuada, não passa. Não sabe fazer um Z maiúsculo? Não passa. Entrou há mais de vinte anos para o 1º Ciclo? Azar! Enquanto não souber cortar o desenho pelo picotado não passa.

Sem comentários: