12/04/11

OS "ZÉS" DE 2006


Nos meus vários anos como Facilitador de Acesso a Recursos de Aprendizagem em Universidades Autónomas e Novas, vivi e presenciei muitos momentos caricatos. Este post é dedicado a esses grandes protagonistas.


LISTA DE NOMEADOS

Prémio PERGUNTAS INOCENTES
Aluna – Tenho que levar tudo assim?
Aluna – Não me podes dar só uma?
Aluna – Pode ser dos dois lados?

Prémio RESPOSTAS INOCENTES
Aluna – Eu não deixei o meu casaco aqui há pouco?
Funcionário – Não. Da última vez que te vi, não tinhas nada vestido.

Alunos – Queremos ver o exames de Inteligência Artificial.
Funcionário – É só para vocês os dois?

Aluna – Não me podes tirar só estas cópias?
Funcionário – Dá-me só um bocadinho e eu tiro-te tudo.

Prémio PERGUNTAS NÃO APRAZÍVEIS
Aluno – Vocês ao Sábado também estão abertos?
Aluna – A que horas é que isto fecha?
Aluno – Isto abre a que horas?

Prémio COMENTÁRIOS INDESEJÁVEIS
Alunos – Vamos aproveitar agora que isto está vazio.
Aluna – Eu estou na minha vez. Eles estão comigo, mas eles vão pagar as cópias deles.
Aluno – Vou só ali levantar dinheiro. Venho já.

Prémio FACILITISMOS
Aluna – Era uma cópia deste livro. As duas primeiras páginas não é preciso tirar.

Funcionário – Era para encadernar.
Aluno – Argola ou baguete?
Funcionário – Dois agrafos. E não é preciso acetato.

Aluna – Posso deixar aqui este caderno para tirar duas cópias?
Funcionário – Sim.
Aluna – E o livro tem que ficar também?

Prémio DIFICULDADES DE COMPREENSÃO
Aluno – Quero uma cópia do caderno todo. Quanto tempo é que demora?
Funcionário – Meia hora. Mais ou menos.
Aluno – Não pode ser para as duas?
Funcionário – Que horas são agora?
Aluno – Faltam dez minutos.

Aluna – A professora não deixou cá uns apontamentos ontem?
Funcionário – Está tudo lá fora.
(…)
Aluna – Lá fora só estão aquelas listas. Onde é que estão os apontamentos?
Funcionário – Aqui dentro.
Aluna – Então porque é que disse que estavam lá fora?

Aluno – Quero fazer umas reduções.
Funcionário – De que tamanho?
Aluno – Pequenas.

Professora – Olhe, eu sou professora e tenho uma sebenta que ficou aí do ano passado e queria saber o que era preciso fazer para que ela seja colocada à disposição dos alunos.
Funcionário – É só dizer.
Professora – E como é que eu faço isso?

Sem comentários: